Como Proteger Seu Celular De Ameaças Externas

Recentemente o número de roubos de aparelhos celulares e de dados vem aumentando, fazendo que criemos um mecanismo de alerta para proteger nossa privacidade, dados e outras informações importantes que carregamos todos os dias.

Afinal, podemos proteger nossos Smartphones e deixá-los mais seguros?

Sim, isso é possível, aqui deixaremos algumas dicas que irão fortalecer a sua segurança e privacidade em casos como esses.

Vamos as dicas

Dica 01 – Evite usar a mesma senha para contas diferentes, o que parece ser prático pode se tornar uma fragilidade quando seus dados e informações estão em jogo.

Dica 02 – Evite salvar senhas automáticas em seu celular como: Bancos, Redes Sociais e e-mails.

Dica 03 – Utilize senhas fortes compostas por letras maiúsculas, caracteres e números.

Dica 04 – Utilize mecanismos de reconhecimento sejam eles por biometria ou facial, lembre-se quanto mais dificultar o acesso a suas informações e dados melhor.

Dica 05 – Evite clicar em links suspeitos e duvidosos enviados via SMS, redes sociais e via e-mail, essa informação pode parecer boba, mas acredite, muitas pessoas caem em golpes dessa forma.

Dica 06 – Aprenda a bloquear seu aparelho remotamente. Em aparelhos IOS pode ser feito via iCloud e para dispositivos Android podem ser feitos através de serviços Google.

Dica 07 – Diminua em conjunto a sua instituição bancária os limites e quantidades de transferências diárias como TED, DOC e PIX.

Dica 08 – Utilize sempre a opção de rastreio do seu aparelho, isso pode ajudar muito e se possível autorize o rastreio de seu smartphone a outro aparelho que confie ou até mesmo um aparelho de backup se tiver.

Dica 09 – Mantenha criptografia padrão do sistema ativada

Dica 10 – Evite utilizar Jailbreak ou rotear seu aparelho

Agora que você aprendeu 10 dicas importantes de como manter seu celular seguro, que tal listar as que você ainda não colocou em prática? Fique por dentro de nossos conteúdos e esperamos que essas informações ajudem todos vocês

Quais Indicadores De Segurança Da Informação Uma Empresa Deve Ter?

O modelo híbrido de trabalho sem dúvida trouxe uma serie de beneficios para empresas e profissionais de todo o mundo nos últimos 2 anos, porém houve um favorecimento aos hackers também, que aproveitam para atacar sistemas empresariais vulneráveis.

Listamos alguns dos principais indicadores de segurança da informação fundamentais e que podem ajudar a melhorar a vulnerabilidade em sua empresa.


1 – Ambientes

Esse indicador visa avaliar e estruturar ambiente externo e interno, que podem contribuir e até mesmo atrapalhar as medidas de segurança da informação de uma empresa.

– Alguns dos pontos que esse indicador avalia são:

Conformidade com a legislação vigente;

Análise de como a empresa pode sofrer sanções financeiras diante de problemas;

Análise dos danos que o negócio pode sofrer em caso de ocorrências de ciberataques;

Quais são os dados internos que precisam de maiores cuidados e como estão estabelecidos os controles de acesso.


2 – Risco de Ativos

Para uma empresa obter uma gestão de riscos categórica é preciso que os responsáveis tenham ciência do índice de dispositivos em conformidade com todas as medidas de riscos e problemas.

Assim então hierarquizar ativos com maiores riscos de segurança e priorizar parte das ações que deverão ser tomadas, os principais riscos avaliados através desse índice são:

– Quantos dispositivos passaram por processos de correção de vulnerabilidades, adoção de medidas de proteção e estão devidamente atualizados;

– Quantos usuários possuem credenciais administrativas, com acesso a um maior volume de dados sensíveis;

– Quantos ativos possuem maior possibilidade de problemas de segurança segundo suas características e natureza da atividade;

– Quais os indicadores de eventuais riscos de cada unidade da empresa.


3 – Identificação de apontamentos

O fator de indicação de apontamento parte análises mais precisas de como as ferramentas de prevenção e detecção estão se comportando no dia a dia, seja para tentativas de ataques e falsos positivos.


4 – Total de eventos

Este indicador permite mensurar o total de eventos adversos que aconteceram em determinado período. Aqui podemos dividir em categorias:

Total de eventos;

Eventos que realmente foram bem-sucedidos;

Eventos impedidos por ferramentas de proteção (como antivírus, firewall, entre outros).